O julgamento que ocorreu nesta quinta-feira (30) resultou na condenação de Fabrício Ricardo Vieira Costa a 16 anos de reclusão e ao pagamento de 10 dias multas pelo homicídio da professora de Psicologia Juliana Soares Dias e pela tentativa de roubo a Alessandro Pereira dos Santos Vitorino. Wadson Silva Lira, que estava com Fabrício na noite dos crimes, foi condenado a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários