Atualizada: 19h08 O marceneiro Marcos Vinícius de Lopes Fiaia, de 21, teve a liberdade decretada pela Justiça após o Tribunal do Júri ter desclassificado para homicídio culposo (quando não há intenção de matar) a acusação de homicídio doloso contra ele pela morte de Feliane Tavares dos Santos, de 26 anos, prima do réu, em dezembro de 2018. Fiaia respondia por feminicíd...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários