Entre os dias 11 e 14 deste mês quatro mulheres foram mortas por seus ex-companheiros em municípios do Entorno do Distrito Federal e na região metropolitana de Goiânia. Em todos os casos, um fator em comum: eles não aceitaram o fim da união e as tentativas delas de construir novas relações. Os episódios engrossam as estatísticas que colocam o Brasil entre o quinto país d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários