Foi através de um bilhete que uma menina de nove anos revelou à avó que era estuprada por seu padrasto há três anos. A família mora em Manaus, no Amazonas, mas a criança disse que sofreu abusos também quando passaram seis meses em Goiânia. No bilhete, a menina pedia para ir morar na casa da avó, pois o homem fazia com ela “a mesma coisa que ele faz com a mamãe”. A denúncia co...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários