A aplicação do reforço da vacina contra a Covid-19 em pessoas com mais de 70 anos e imunossuprimidos foi priorizada pela Prefeitura de Goiânia em detrimento do atendimento de adolescentes devido à quantidade de doses disponíveis do imunizante da Pfizer, único autorizado para ser utilizado nos grupos, e da vulnerabilidade dos idosos. Na capital, a aplicação da primeira d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários