Neste ano, 607 árvores foram retiradas de casas ou calçadas da capital por apresentarem algum problema na sua estrutura que levasse a algum risco ou porque caíram depois de temporais. Só no primeiro dia deste mês, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) retirou 28 árvores que tombaram depois da tempestade de ventos que registraram até 100 km/h. Com a proximida...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários