Mais da metade das áreas de proteção permanente (APPs) da região metropolitana de Goiânia deveriam ser recuperadas de forma urgente. São locais que estão, em sua maioria, com solo exposto, ou seja, com a vegetação nativa desmatada, ou sendo utilizados para a agricultura ou pecuária, com a instalação de áreas de pastagem. A conclusão é parte de um estudo feito na Univer...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários