Dos 3 milhões de trabalhadores ocupados em Goiás, cerca de 6%, o equivalente a 186 mil pessoas, estão trabalhando no sistema home office hoje, um índice abaixo da média nacional de 10%. Segundo um levantamento divulgado ontem pelo Dieese, fatores como o nível de escolaridade e a faixa de renda contribuem para a maior ou menor adesão ao trabalho remoto. Desde o iníc...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários