O setor industrial deve recorrer à Justiça contra o decreto do governo estadual que prevê a suspensão de incentivos fiscais de empresas que demitirem ou suspenderem contratos de trabalho de empregados que fazem parte do chamado grupo de risco ao novo coronavírus. Tanto a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) quanto a Associação Comercial, Industrial e de S...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários