Em ano eleitoral, 68 municípios goianos receberão R$ 29,1 milhões por meio de transferência especial de emendas parlamentares individuais, modalidade em que o dinheiro é encaminhado diretamente para o cofre das prefeituras, sem passar por órgãos intermediadores, como a Caixa Econômica Federal, por exemplo. Além disso, prefeitos e governadores são responsáveis por decidir em ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários