O aumento de 9,6% na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de 8,9% do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) está entre os principais fatores para melhora na receita do Estado de Goiás entre janeiro e agosto de 2019. A receita primária líquida no período foi de R$ 16,3 bilhões, sendo que impostos e taxas somaram R...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários