O governo Ronaldo Caiado (DEM) deu soluções provisórias para alguns cargos estratégicos da estrutura administrativa ainda sem nomeação. As colocações provisórias, porém, têm o objetivo de evitar paralisia total dos órgãos e manter em funcionamento questões básicas, como ordenação de despesa, ou seja, na prática os órgãos permanecem sem gestão. Alguns dos principais temporários estão e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários