Segundo o presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa (DEM), a volta do deputado estadual Daniel Messac (PSDB) para a Casa, ocupando a vaga da tucana Lêda Borges, que se licenciou no início do mês para assumir a Secretaria Estadual da Mulher, não foi questionada pelo Parlamento. Em abril do ano passado, Messac foi alvo da Operação Poltergeist, deflagrad...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários