Em interrogatório com 51 perguntas da Polícia Federal, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) disse que “nunca teve notícias de que houve qualquer tipo de entrega de valores em apartamento de Jayme Rincón (ex-coordenador financeiro de sua campanha em 2010 e ex-presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras) em São Paulo” e que sempre fez exigências de que as doações para...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários