O Ministério Público Federal (MPF) em Goiás determinou, nesta quinta-feira (23), o arquivamento de notícia de fato que alegava suposto atentado à laicidade do Estado. A representação se deu em função da presença de crucifixos na Câmara Municipal de Goiânia e leitura da Bíblia durante a abertura das sessões da casa legislativa. Para o procurador da República Ailton...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários