Proposta dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de restringir o auxílio-moradia para compensar o reajuste de 16,38% em seus próprios salários não deve surtir o efeito esperado, caso seja adotada também pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO). Isso porque o gasto com o benefício de R$ 4,3 mil para desembargadores e juízes goianos foi de R$ 1,8 milhão em setem...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários