A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) ajuizou, em abril, uma ação civil pública que questiona cobrança compulsória de contribuição sindical de servidores inativos do município de Goiânia. Ao todo, somente de 2012 a 2016, R$ 3,518 milhões teriam sido descontados irregularmente. O impacto teria ocorrido para 7,9 mil aposentados e pensionistas com a cobrança ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários