Pressionado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para realizar concurso público a fim de prover os mais de 200 cartórios vagos existentes no Estado, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) só irá anunciar edital após término da tramitação, na Assembleia Legislativa de Goiás, do projeto que busca criar 40 novas serventias extrajudiciais e desmembrar outras 43. O concurso,...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários