O processo de licitação que deve conceder a gestão das unidades do Vapt Vupt à iniciativa privada tem sofrido reviravoltas na Justiça. A licitação chegou a ser suspensa, via liminar, pela juíza Suelenita Soares Correia, da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, na terça-feira (9), minutos antes da entrega e abertura das propostas. A liminar, porém, foi derrubada pelo desembarga...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários