Seis meses depois de decretar lista prioritária, o governo estadual alterou nesta sexta-feira (06) a destinação dos recursos da venda da Celg D, excluindo a conclusão de unidades de saúde e concentrando a aplicação em obras rodoviárias. Dos cerca de R$ 800 milhões obtidos com a privatização da estatal, R$ 100 milhões vão para aumento do capital social da Saneago e to...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários