Magazine

Texturas goianas que vão além do jeans

Diomício Gomes
Junio Carlos, um dos criadores da Duda Peixoto, usando uma das peças

Na lista de queridinhos do público alternativo, o macacão ganhou mais conforto nas mãos dos criadores da marca goiana Duda Peixoto. Desde o ano passado eles fabricam a peça usando tecidos diferentes como veludo, malha e algodão. “Foi uma aposta. Fizemos pesquisa com gente mais próxima, mas não tínhamos noção do quanto as pessoas sentem falta de roupas com pegada diferente. Já trabalhamos com paetê, viscose, poliéster, tela, moletom, algodão e agora com veludo molhado”, explica Luana Lemes, uma dos criadores da marca. Uma coleção bônus com as roupas inspiradas no DJ goiano Lipy B. deve ser lançada em breve. Segundo Luana, as primeiras peças foram feitas pelo grupo para uso próprio e como a aceitação no meio alternativo foi boa, a Duda Peixoto acabou sendo criada. Hoje as peças são vendidas dentro e fora de Goiás. “O público alvo é alternativo. Gente que não tem medo de ousar com conforto”, diz Luana, que assina as peças ao lado dos amigos Matheus Galvão, Eduardo Junior e Junio Carlos.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.