O deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) é o convidado de hoje do programa Jackson Abrão Entrevista, que vai ao ar hoje, a partir das 10 horas, no site do jornal o POPULAR.

Vecci recebeu a equipe do programa de Jackson Abrão em seu apartamento no Setor Oeste, quando falou sobre suas preferências além do campo da política. “Gosto de música, de pescar, de leitura e do Vila Nova”, conta. “Não sou tão bom pescador quanto meu pai era, mas me satisfaço pescando uns piauzinhos”, afirma, aos risos.

Carreira

Aos 59 anos, Giuseppe Vecci, que é economista e gestor público, nasceu em Itauçu, cidade distante 70 quilômetros de Goiânia. Em 2014, candidatou-se pela primeira vez a um cargo eletivo e chegou à Câmara dos Deputados como o quarto mais bem votado no Estado e atualmente é pré-candidato à Prefeitura de Goiânia.

“A candidatura majoritária tem uma amplitude muito maior do que a proporcional. Você tem que estar trabalhando, ser conhecido”, compara. “Ainda mais a minha pessoa que, apesar de morar há 44 anos em Goiânia, ainda sou desconhecido de 80% da população. Preciso mostrar minhas ideias, o que estou propondo”, afirma.

No bate-papo com Jackson Abrão, Giuseppe Vecci também faz uma avaliação do atual cenário político municipal e estadual e comenta sobre sua relação com o governador Marconi Perillo (PSDB), do qual já foi secretário de Gestão e Planejamento por duas vezes e da Fazenda. Em 1990, Vecci também foi secretário de Planejamento na administração do então governador Henrique Santillo (1937-2002).

Em um momento de descontração, o deputado fala sobre a origem de seu nome. “Meu pai gostava de ouvir ópera. Quando eu nasci, ele estava ouvindo a ópera Aida de Giuseppe Verdi”, explica, falando sobre o compositor italiano.