Magazine

Curadores do Festival de Fotografia de Tiradentes aportam em Goiânia para debates e exposições

Profissionais desembarcam na capital goiana com a proposta de mapear a produção fotográfica do Centro-Oeste

Pedro David
Projeto Paisagem Submersa, de Pedro David, realizado no Vale do Jequitinhonha (MG)

Centro-Oeste e suas paisagens naturais e urbanas, com todos os hábitos culturais, povos e espaços que os cercam, servem de temática para o Festival de Fotografia de Tiradentes. Em sua oitava edição, o projeto quer alinhar as distintas produções fotográficas realizadas em todo o País. No ano passado, o Nordeste foi tema da exposição principal do evento, com o mapeamento de diferentes fotógrafos da região. Para 2018, a curadoria do festival aporta em todas as capitais do centro para buscar novos autores. A Vila Cultural Cora Coralina abre seus portões amanhã e no domingo, sempre às 19 horas, para um encontro com a equipe do evento e fotógrafos locais.

A proposta do Festival de Fotografia de Tiradentes é levar ao público, através de exposições, palestras e mesas de discussão, nomes de conhecimento teórico, técnico e artístico, da produção brasileira. Os fotógrafos João Castilho, Bruno Magalhães (coletivo Nitro Imagens) e Pedro David estarão em Goiânia para apresentar os seus trabalhos e experiências que tiveram durante o festival. “É uma forma de manter um contato contínuo e efervescente com a atual cena de fotografia realizada no centro do País”, revela o curador do projeto, Eugênio Salvio.

A organização do festival já passou por Brasília e ainda vai circular por Cuiabá e Campo Grande (dias 9 e 10), no mesmo formato do projeto. Em cada cidade haverá uma apresentação da história do evento e das oportunidades de colaboração. É a partir daí que serão abertas as convocatórias para a participação dos fotógrafos locais na exposição principal em Tiradentes. E vale tudo: foto de pessoas, paisagens, cidade e campo, detalhes, arquitetura, fotografia de arte, fotojornalismo.

“Queremos fazer esse recorte técnico e visual do que está sendo realizado no Centro-Oeste, com uma exposição que celebra as cores da região. É preciso aproximar a produção fotográfica nacional, fazer uma troca de conhecimentos, além de conhecer os equipamentos culturais de outras capitais”, explica Salvio. Em Goiânia, o Festival de Fotografia de Tirantes tem apoio da WA Imagem, produtora coordenada por Wagner Araújo, que produz anualmente o Festival Goyazes de Fotografia, também na Vila Cultural Cora Coralina.

SERVIÇO

Fotografia em foco - Festival de Fotografia de Tiradentes

Data: sábado e domingo

Horário: 19 horas

Local: Vila Cultural Cora Coralina, Avenida Tocantins com Rua 3, Centro.

Entrada franca

Mais informações: 32019863

Trabalho de Pedro David
Registro de João Castilho
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.