Não quero ir para o céu

Decidi que não quero ir para o céu. Como se a decisão coubesse a mim e não a um tribunal de pecados e culpas que há de me sentenciar, a um São Pedro com chaves severas nas mãos ou ao barqueiro Caronte que faz a travessia pelo Rio Aqueronte daqueles…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários