Não é a primeira vez que polêmicas tomam o protagonismo e tiram o foco do jogo e viram caso de polícia no BBB. A edição 2019 teve outro caso mais recente. O biólogo e coordenador educacional indígena Vanderson, do Acre, foi eliminado após acusações de importunação sexual, estupro e violência doméstica. Em 2017, o médico gaúcho Marcos foi excluído depois que a polícia do Rio entrou na casa para investigar indícios de agressão físicas dele contra Emilly.