As diferenças entre o garçom sírio e a funcionária pública ceareance ficaram mais evidentes durante a festa Havaí, realizada na madrugada deste domingo (11) no Bir Brother Brasil. Enquanto todos se divertiam na área externa, Patrícia acabou trancada no Quarto Submarino, onde foi procurada pelo namorado que fez durante o confinamento.

"Desculpa se eu fiz uma coisa para deixar você sozinha, eu só quis aproveitar a festa", disse Kaysar, tentando acalmar a sister, lembrando-a do seu filho. "Fique forte para ele. Ele precisa ver você forte, firme".

"O meu erro é esperar que as pessoas façam comigo o que eu faria por elas".

"Ótimo, então não espere nada de ninguém", conclui Kaysar. "Eu me decepciono", continua chorando a cearense.

Patrícia contou que estava com uma "sensação ruim", mas que não é resultado somente do Paredão. "Eu não estou feliz", confessou ela ao sírio, com mais lágrimas, mas se recusando a dizer mais. 

“Você faz umas coisas pequenas parecerem gigantes. Você está falando com alguém que perdeu o país, que perdeu os amigos. Então não me fala sobre um paredão. O que você viu da vida, o que você sabe da vida? Eu vi a morte. Sabe o que significa isso? Então não me fala que eu nunca senti o que você sentiu. Para de reclamar das coisas pequenas. Onde tá a minha família, tu sabe?”, disse o sírio.

Patrícia tenta "Você tem sua experiência de vida, eu respeito isso", respondeu ela.

"A tristeza que passei na minha vida só Deus sabe. Nem meu pai nem a minha mãe sabem. O que aconteceu na minha história ninguém sabe. Eu conto o que eu quero. Eu quero aproveitar a minha vida. Não quero que você fale que se sentiu sozinha. O que você sabe dessa palavra? Sabe o que significa 'sozinha'?", explodiu Kaysar.

“Você não consegue se colocar no meu lugar", reclamou Patrícia,  "Você é incapaz disso, vive dizendo que tudo que eu falo é pequeno diante do que você viveu”.

"Eu quero aproveitar a minha vida. Eu nunca tive isso, eu nunca vi uma coisa dessas, eu nunca vi nada assim, agora só quero ficar feliz. Deus meu deu uma vida que outras pessoas tiraram de mim", desabafou o refugiado de guerra.

A sister acabou pedindo desculpas mais tarde, e os dois voltaram a trocar carinhos pela casa.