Ovacionado como um herói em seu estádio em Moscou, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, foi solenemente ignorado pelos principais líderes mundiais que não aceitaram o convite para participar da festa de abertura da Copa do Mundo. Nem mesmo o secretário-geral da ONU, António Guterres, uma presença constante em todos os eventos globais, fez a viagem até a Rússia. Na ala vi...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários