A ocorrência de um tufão e de um terremoto na semana passada devem servir de alerta para os organizadores da Olimpíada de Tóquio-2020. Esta é a opinião do australiano John Coates, líder da equipe de inspeção do Comitê Olímpico Internacional (COI). O tufão, o mais poderoso dos últimos 25 anos, atingiu a área de Osaka, região oeste do Japão, e causou 11 mortes. O terr...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários