O aumento da aversão ao risco na economia mundial, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar tarifas extras em US$ 200 bilhões de produtos importados da China, provocou novo dia de fortalecimento do dólar na economia mundial e fez a moeda subir 1,91% no Brasil, a maior alta desde 26 de junho, terminando a sessão em R$ 3,8755, perto das máximas do dia. O...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários