A taxa de desocupação em Goiás voltou a crescer e fechou o primeiro trimestre deste ano em 10,2%, contra 9,4% no último trimestre de 2017. Com isso, o número de pessoas com 14 anos ou mais, que estavam desocupadas no Estado, subiu de 339 mil para 371 mil e o rendimento real do trabalhador caiu 2% no período (de R$ 2.087 para R$ 2.046), segundo pesquisa divulgada ontem...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários