Economia

'Airbags mortais' obrigam recall de 13 mil carros da Fiat

Veja se o seu veículo faz parte dos chamados para troca

Divulgação

Nesta quinta-feira (11) a Fiat pediu aos proprietários de 13.384 unidades de carros dos modelos Uno, Palio e Grand Siena que levem seus veículos para manutenção após uma falha ser detecdata nos airbags. A falha, que já matou 19 pessoas em todo o mundo, ficou conhecida como os 'airbags mortais'.

O comunidado da fabricante diz que "foi detectada a possibilidade de degradação do deflagrador do airbag devido à eventual exposição do veículo a variações elevadas de temperatura e umidade absoluta durante longos períodos."

Isso implica que, em caso de colisão, os airbags serão acionados e podem lançar fragmentos metálicos no ar, ferindo os passageiros. O recall prevê que o conserto leve duas horas. O agendamento pode ser feito a partir do dia 15 de janeiro no site da empresa ou pelo telefone 0800 707 1000.

Confira os veículos com defeito:

Uno: Chassis com final entre 0000002 e 0301030
Palio: Chassis com final entre 2000001 e 4000021
Grand Siena: Chassis com final entre 3000001 e 3000262

Os airbags da fabricante japonesa são alvo do maior escândalo de recalls da história automotiva. A empresa precisou pedir proteção contra falência em junho do ano passado no Japão e nos Estados Unidos por equipar carros com peças defeituosas que exigiram milhões de trocas. 

A estimativa é que até o fim deste ano cerca de 65 milhões dispositivos de acionamento do airbag sejam trocados no mundo todo. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.