Atualizada às 13h04. A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (12), o servidor público Eder Alves da Rocha, de 51 anos, suspeito de “vender” vagas em cirurgias eletivas há pelo menos 15 anos em hospitais públicos da capital. Os valores cobrados, de R$ 1.2 a R$ 2 mil fazia com que os pacientes pulassem a fila de espera da regulação. Entre as unidades de saúde citadas estão o Hospital das Clínicas (HC) e o Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários