A comissão interna de sindicância da Secretaria Estadual da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho (Cidadã), que apura o incêndio em que dez adolescentes morreram numa unidade socioeducativa de Goiânia, considera que o local tinha extintores no momento do fogo. Em seu relatório final, a sindicância ignora os depoimentos d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários