O secretário municipal de Finanças de Goiânia, Alessandro Melo, reconheceu nesta quarta-feira (10) que não terá mais tempo hábil para aprovar o novo Código Tributário do Município (CTM), que tramita na Câmara, e garantir a vigência dele a partir do próximo ano. Nesta quarta-feira, em reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os vereadores aprovaram os pedidos de n...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários