Um pedido urgente para suspender o leilão organizado pelo governo de Goiás para venda de imóveis públicos foi ajuizado pela promotora de Justiça Villis Marra, da 78ª Promotoria de Goiânia, nesta segunda-feira (10). A comercialização está agendada para ocorrer nesta terça e quarta-feira (11 e 12) e abrangem 93 áreas, avaliadas em R$ 22,6 milhões, de 4 empresas estatais q...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários