Dias antes da morte da vereadora Roseli da Academia, em Bom Jesus de Goiás, uma decisão da Justiça negou o pedido do ex-marido e suspeito de ser mandante do crime, Vilmar Rodrigues da Rocha, para deixar de pagar a pensão alimentícia para a vítima.Na manhã desta quinta-feira (13), o empresário de 57 anos foi preso acusado de mandar matar a ex-mulher Roseli Oliveira ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários