O desempregado Thiago Pereira do Prado, de 19 anos, estava em casa com familiares quando ouviu os disparos que mataram seu vizinho, o adolescente Paulo Ricardo Araújo Oliveira, de 17, na Vila Pedroso, região Leste de Goiânia, por volta das 22h30 do dia 7 de abril do ano passado, uma sexta-feira. “A gente ficou com pena, a mãe do Paulo começou a chorar muito, gritar mui...
No mês de aniversário do O Popular, cadastre-se e tenha acesso ilimitado à todo conteúdo do portal.
ou
Conheça todos os nossos planos de assinatura.
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários