O vereador José Eduardo Alves da Silva (PTB), de 39 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (9), durante a Operação Nuntius, apontado como mandante da morte do radialista Jefferson Pureza, em Edealina, no Sul de Goiás. "Foi um misto de motivação política e passional. O Jefferson teve uma relação com a ex-mulher desse vereador", disse o delegado Quéops Barreto,...
Leia todo conteúdo do site de forma ilimitada e gratuita até 04 de junho.

Após essa data, voltaremos ao acesso de 05 matérias exclusivas por mês.
Aproveite agora!
ou

Garanta sua Assinatura com um Desconto Especial!


QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários