Depois que o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) ingressou com ação civil pública pedindo que o poder judiciário obrigue o Estado a pagar pelas gratuidades do sistema de transporte coletivo metropolitano, o governo estadual rebateu com a alegação de que, entre 2005 e este ano, arcou com pelo menos R$ 728,9 milhões para a rede. Os números se referem ao programa Pas...
Leia todo conteúdo do site de forma ilimitada e gratuita até 04 de junho.

Após essa data, voltaremos ao acesso de 05 matérias exclusivas por mês.
Aproveite agora!
ou

Garanta sua Assinatura com um Desconto Especial!


QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários