Uma usuária do transporte público de Goiânia será indenizada por danos morais em R$ 3 mil pelas empresas Metrobus Transporte Coletivo S/A e Rápido Araguaia, pela má prestação de serviço. De acordo com a juíza substituta Marianna de Queiroz Gomes, da 7º Juizado Especial Cível de Goiânia, houve “violação à dignidade de uma pessoa, uma afronta ao direito social constitucional d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários