O texto preliminar do decreto presidencial que visa flexibilizar a posse de arma de fogo no Brasil já enumera regras que permitem mensurar qual é a parcela da população que será atingida pela mudança. Uma delas estipula que o cidadão que terá direito de usufruir das alterações precisa viver em locais com elevados índices de violência, ou seja, com taxas anuais de mais ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários