O Bar do Simprão, que foi alvo de tiros na noite desse sábado (11), teve prejuízo de mais de R$ 100 mil, entre contas que ficaram em aberto (R$ 50 mil), vidros e cadeiras quebradas e outros danos materiais.

De acordo com Welington Telles, advogado do proprietário do bar, clientes foram ao estabelecimento neste domingo (12) procurar suas carteiras, celulares e outros objetos pessoais. “Entregamos celulares para as pessoas que digitavam as senhas, mas o restante foi levado pela polícia”, explica. O bar abriu normalmente hoje.

Ainda segundo o advogado, a polícia já identificou uma pessoa que pode ser a autora dos disparos, mas não permitiu a divulgação do nome. Em nota publicada na página do estabelecimento no Facebook no sábado, o proprietário do bar, Allan Luís Magalhães Dutra, informou que desconhece o autor dos disparos e a motivação do crime.

Ainda na nota, Allan disse que nenhum dos clientes foi atingido pelos tiros, porém algumas pessoas tiveram arranhões por causa dos estilhaços dos vidros que foram quebrados. “Estamos à inteira disposição de todos os clientes que estavam presentes no estabelecimento no momento do ocorrido, como também a qualquer pessoa que tenha interesse nas informações”, escreveu o proprietário na nota.

Um vídeo enviado ao POPULAR mostra o desespero dos clientes tentando chegar até a saída do restaurante, enquanto outros permanecem deitados no chão.

Assista: