Em 27 entrevistas concedidas à imprensa de todo País, mulheres que afirmam terem sido abusadas pelo médium João de Deus, na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (90 km de Goiânia), relatam traumas e dificuldade em lidar com o assunto até hoje. Entre elas houve casos de tentativa de suicídio, traumas profundos, prejuízos à vida emocional e sexual. Algumas mulheres sofrem...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários