As promotoras de Justiça Maria Cristina de Miranda e Marísia Sobral Massieux entraram com ação contra a Companhia Saneamento de Goiás S.A. (Saneago) pedindo a suspensão imediata da tarifa de tratamento de esgoto cobrada dos consumidores de Goiânia atendidos pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Dr. Hélio Seixo de Brito. Caso acatada pela Justiça, a medida d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine O Popular!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários