Cidades

Polícia Federal faz busca em produtora de grandes artistas sertanejos em Goiânia

Operação visa desarticular uma organização que teria desviado cerca de R$ 112 milhões no Amazonas; entre os artistas assessorados pela empresa estão Jorge & Mateus, Israel Novaes e Simone & Simaria

Reprodução/AudioMix
Sede da AudioMix, em Goiânia, foi alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal

Matéria atualizada às 16h54.

Na manhã desta terça-feira, a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão na produtora AudioMix, em Goiânia. A ação faz parte da operação Maus Caminhos, da Polícia Federal do Amazonas, que visa desarticular uma organização criminosa que teria desviado cerca de R$ 112 milhões do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas. A informação foi divulgada inicialmente pelo site do Estadão

De acordo com informações da PF, a empresa era utilizada pelo empresário Mohamad Mustafa para lavar dinheiro oriundo dos desvios milionários da área de Saúde do Amazonas. Mohamad tem porcentagem em quatro artistas sertanejos da produtora.

O dono da AudioMix Marcos Araújo, o 'Marquinhos', foi levado para a sede da corporação em Goiânia para prestar depoimento para explicar a ligação de Mohamad com a produtora. A PF realizou também mandado de busca e apreensão na casa do empresário. Logo após prestar os esclarecimentos, o empresário deixou a sede da corporação.

Por meio de nota, a AudioMix declaraou que a empresa não é alvo desta investigação, estando à disposição das autoridades para prestar eventuais outros esclarecimentos. A produtora manifesta seu apoio incondicional ao trabalho da polícia e da Justiça brasileira na apuração dos fatos relativos à referida operação.

Operação Maus Caminhos

A investigação teve início quando a CGU analisou uma concentração atípica de repasses do Fundo Estadual de Saúde à organização social Instituto Novos Caminhos (INC). “De abril de 2014 a dezembro de 2015, a entidade recebeu mais de R$ 276 milhões para administrar duas unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em Manaus e Tabatinga e um centro de reabilitação para dependentes químicos, no município de Rio Preto da Evaz”.

As ações ocorrem nas residências e empresas na cidade de Manaus, Itacoatiara e Tabatinga, além das capitais Belo Horizonte, Brasília e São Paulo. Participam da operação 185 agentes federais, 36 auditores do Ministério da Transparência (CGU) e 50 auditores da Receita Federal.

A AudioMix cuida e gerencia as carreiras de grandes nomes da música pop e sertaneja no Brasil. Entre eles, Jorge e Mateus, Guilherme e Santiago, Israel Novaes e outros. "Com sede na cidade de Goiânia (GO), que é considerada o berço da música sertaneja, a AudioMix conta com empresas coirmãs, abrangendo praticamente todas as áreas do show business, permitindo a realização de serviços especializados e direcionados ao perfil de cada um dos artistas. As empresas coirmãs são: AudioMix Eventos, AudioMix Digital, AudioMix Records, Grantur e Tic Mix, todas voltadas ao segmento artístico, facilitando o atendimento junto a parceiros e contratantes de shows", diz o site da empresa.

A operação Maus Caminhos cumpre ao todo 13 mandados de prisão preventiva, 4 mandados de prisão temporária, 3 conduções coercitivas, 41 mandados de busca e apreensão, 24 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (aproximadamente R$ 30 milhões), 31 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis (aproximadamente R$ 50 milhões), todos expedidos pela Justiça Federal do Amazonas.

Entre maio e agosto deste ano, os auditores verificaram também que os principais fornecedores do INC, empresas administradas por um mesmo grupo de pessoas ligadas ao esquema criminoso, receberam pagamentos por serviços não prestados, indevidos e superfaturados. As fraudes envolvem ainda, além dos serviços médicos e de administração, a prestação dos serviços auxiliares de saúde, como lavanderia, limpeza, refeições hospitalares e portaria.

Safadão

Inicialmente, a matéria informava que o artista Wesley Safadão fazia parte do casting da AudioMix. O escritório do cantor, representado e gerenciado unicamente pela Luan Promoções, situada em Recife, esclarece que ele não é assessorado pela empresa goiana, mesmo estando no site da produtora. Por meio de nota, a assessoria de Safadão disse que o músico é contratado pela AudioMix para se apresentar em seus festivais, assim como tantos outros artistas.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.