Cidades

No Setor Sul, praças abandonadas são usadas como puxadinhos particulares

Projeto Cura, que pretendia revitalizar áreas verdes no bairro nos anos 70, nunca foi concluído e comerciantes e moradores aproveitam para avançar em espaço público

Zuhair Mohamad
Parte de oficina no Setor Sul funciona em área pública que deveria ter sido revitalizada, mas há décadas encontra-se abandonada
Inspirado no movimento das cidades-jardim, que influenciou urbanistas principalmente na Europa a partir da década 20 do século passado, o Setor Sul tem em seu interior espaços públicos ociosos e abandonados, que se deterioram há décadas e já foram alvo de diversas promessas de reurbanização, as praças internas. A mais notável dessas iniciativas foi o Projeto Cura (cujo nome...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.