Giro

Permanência de Temer depende agora dos aliados

A única tábua de salvação do presidente Michel Temer (PMDB) é manter o apoio dos maiores partidos que formam seu governo, como PSDB, PSD, PTB, PP e DEM. É a opinião do deputado federal e presidente do PMDB em Goiás, Daniel Vilela. “É tudo imprevisível. As denúncias (das delações da JBS) são graves e precisam ser investigadas. Agora se os partidos aliados deixarem o governo, a situação se tornará insustentável. Deve haver baixas, mas se os maiores deixarem ficará difícil para Temer manter a governabilidade”, afirma. Caso o presidente renuncie ou sofra impeachment, o deputado afirma que o País terá de decidir entre eleição direta (urnas), que demoraria pelo menos três meses, ou indireta (Congresso), que seria mais rápida. “Mas a sociedade pode não aceitar um novo presidente eleito pelo Congresso”, frisa Vilela. Com a crise em Brasília, o PMDB decidiu cancelar a retomada dos seus encontros regionais marcada para amanhã em Inhumas. “Os deputados estaduais pediram. Não há clima para isto agora”. 

É com o PSDB

Do deputado federal Lucas Vergílio (Solidariedade): “Qualquer pessoa que fizer um prognóstico está mal informada. Tudo pode acontecer. Mas se o PSDB deixar o governo, o resto acompanhará.”

Então...

Do deputado federal Fábio de Sousa (PSDB): “A maioria na bancada tucana defende que o partido saia do governo. É majoritário esse sentimento no partido. A situação é gravíssima e pode ficar insustentável.”

Pede para sair

O deputado federal Heuler Cruvinel (PSD) defende a abertura de um processo de impeachment do presidente Temer. Diz que seu partido, que está no governo, vai defender a Constituição.

E agora?

Marconi Perillo conversou ontem por telefone do Rio com todos os governadores do PSDB e do bloco Brasil Central, além de ter tido longo e reservado encontro com Luiz Pezão (PMDB-RJ).

Nova República

O vice-governador José Eliton sugeriu ontem à cúpula nacional do PSDB que defenda uma Assembleia Constituinte para 2019. Deputados e senadores seriam eleitos para promover profundas reformas e até plebiscito para a população decidir entre presidencialismo ou parlamentarismo. “É preciso refundar a República brasileira. O atual modelo esgotou”, frisa.

É de Goiás

O núcleo do Palácio das Esmeraldas cruza os dedos para que o goiano Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, venha a ser o presidente eleito pelo Congresso, caso o presidente Temer renuncie. Mas a ordem palaciana é de muita cautela nas declarações. Não se sabe até quando Temer poderá se manter no governo nem se Meirelles sairá ileso das delações da JBS.

Transporte caro

A Secretaria de Educação do Estado vai licitar contratação de empresa para transporte, com veículos e motoristas, para alunos da zona rural de Niquelândia. Valor estimado: R$ 44,5 milhões.

Marcello Dantas

Reduzir a tensão

Numa quinta-feira de clima carregado para o País, estes bonecos numa caçamba de veículo divertiam motoristas na Avenida T-9, no Setor Jardim América.

Pergunta para:
Otávio Lage Filho

Presidente da Adial Goiás

A crise no governo Temer deve fazer a economia do País voltar para a recessão?
Esta grave crise acontece quando a economia dava os primeiros sinais de recuperação e o Congresso iria aprovar as reformas necessárias ao País. Um novo retrocesso será muito prejudicial. O presidente Temer tem o direito de se defender, mas sua renúncia daria desfecho rápido para esta crise e poderia manter o País pelo menos na trajetória da recuperação gradual do crescimento.

Arremate

Agenda - O governador Marconi comandará hoje os encontros regionais do Goiás Na Frente em Planaltina e Uruaçu.

Cejusc - O Procon Goiás e o Tribunal de Justiça inauguram, às 10 horas, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania.

Feira - Às 10 horas, abertura oficial da Pecuária 2017.

Itinerante - De hoje até domingo, a Assembleia realizará o programa Deputado Jovem para alunos da UniAnhanguera.

Mães - O HMI e Corpo de Bombeiros promovem hoje no Shopping Passeio das Águas atividades para incentivar o aleitamento materno.

Doe - O Hugol precisa de doações de todos os tipos sanguíneos, especialmente do tipo O negativo.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.