Giro

Estado bate recorde nas despesas com folha, sentenças e publicidade

Das 14 despesas do governo de Goiás publicadas no seu Portal da Transparência, seis bateram recorde no ano passado: folha de pagamento (R$ 7,5 bilhões), sentenças judiciais (R$ 197,6 milhões), publicidade (R$ 150,4 milhões), locação de veículos (R$ 69,6 milhões), guarda e vigilância (R$ 36,5 milhões) e compra de software (R$ 20,5 milhões). Os dados divulgados pelo Estado revelam os gastos de 2006 a 2012, mas o recorde ocorreu no ano passado. Na outra ponta, o governo registrou em 2012 os menores gastos dos últimos oito anos com realização de investimentos (R$ 274,1 milhões), compra de medicamentos (R$ 60,5 milhões), de combustíveis (R$ 29,1 milhões) e eventos (R$ 13,5 milhões). Os gastos com telefonia e internet (R$ 29,5 milhões), embora superiores aos de 2006, estão em queda no Estado desde 2010.

Prefeituras

 

“Falta médico sobretudo no Norte e Nordeste. O que fazer? Eu prefiro mais faculdades. As entidades corporativistas são contra.” @FlavioDino, da Embratur.

Promete cobrar

 

O deputado Luis Cesar Bueno (PT) diz que a oposição na Assembleia desempenhará mais em 2013 seu papel de fiscalizar e cobrar do governo: “O fato de não termos eleição este ano vai ajudar”, frisa.
 

Três alvos

Os principais alvos da oposição na Assembleia são a segurança pública (criminalidade), saúde (contratos com OS) e rodovias estaduais (manutenção). “Temos um campo fértil”, diz o petista

Falta segurança

O núcleo político do governo de Marconi afirma que não se preocupa muito com as críticas da oposição para as áreas da saúde e rodovias. Já em relação à segurança pública...

 

Dividir o ônius

A estratégia dos palacianos para neutralizar os ataques da oposição em Goiás será dividir a fatura da (in)segurança pública com o governo federal. Sem atacar a presidente Dilma.

Enterrar o assunto

Não é mais unanimidade no governo a ideia de manter a CPI do Cachoeira na Assembleia. Há quem defenda sepultá-la de vez, aproveitando o impedimento judicial para investigar prefeituras.

Vecci 2014

Circula nos corredores palacianos que o secretário tucano Giuseppe Vecci (Segplan) deverá ser candidato a deputado federal em 2014. E no lugar do deputado Carlos Lereia (PSDB).

Coisa grande

 

Os empresários Marcelo Limírio e Harley Margon são acionistas do consórcio ML4 que, embora não revele valores, comprou área de 5,6 milhões de metros quadrados ao lado do Daia.

PT parceiro

 

“O prefeito anapolino Antônio Gomide (PT) tem dado todo o respaldo para a parceria com o Estado no objetivo de viabilizar a construção do parque tecnológico”, diz Mauro Faiad (SecTec).

Escola dilapidada

 

Produtores criticam o abandono da Granja Escola em Rio Verde, criada em 1998 com recursos federais, para qualificação profissional e pesquisas nas áreas de avicultura e suinocultura.

Novas pistolas

A Polícia Civil ganhará 500 pistolas da marca Taurus, calibre .40 e carregador para 12 tiros. Compra de R$ 1 milhão.

Foto do leitor: Marcondes Primo

Como atravessar?

A rede estadual de ensino começa nesta semana as aulas, mas as crianças que moram na zona rural de Caiapônia não terão como ir às escolas. Motivo: não existe mais ponte na GO-184. Aliás, uma queixa antiga dos produtores rurais da região.

Pergunta para:

 

Joaquim Mesquita
Secretário da Segurança

 

O senhor completa nesta semana três meses no comando da Segurança Pública de Goiás. Avalia que já obteve avanços?

 

Conseguimos implantar medidas de gestão e de estratégia que terão efeito em breve. Também vamos ampliar o efetivo neste ano, o que aumentará a presença policial nas ruas, e melhoramos a remuneração dos nossos servidores. São mudanças que vão propiciar avanços numa responsabilidade compartilhada entre União, Estado e municípios.

Arremate:

■ Legislativo – Sexta-feira, às 10 horas, posse da mesa diretora da Assembleia, que será presidida pelo deputado Helder Valin (PSDB). Com presença do governador Marconi Perillo.

 

FGM – Quarta-feira, Divino Alexandre assume a presidência da Federação Goiana de Municípios, com diretoria formada por mais 46 prefeitos. Às 19 horas, no auditório da Asban

 

Justiça – O desembargador Ney Teles convidou o prefeito Maguito Vilela (Aparecida) para sua posse no TJ, na sexta-feira. Quando Teles foi juiz na comarca de Jataí, o peemedebista advogava.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.