Política

“Foi uma jogada de empresários”, afirma Iris sobre delação da JBS

Prefeito de Goiânia afirmou que se estivesse no lugar dele faria o mesmo

Reprodução/Facebook

O prefeito Iris Rezende (PMDB) chamou de “jogada” a delação dos executivos do grupo JBS. Peemedebista comentou sobre a atual situação do presidente Michel Temer durante a abertura oficial da Pecuária de Goiânia, na manhã desta sexta-feira (19).

Em entrevista a CBN Goiânia, Iris comentou sobre o pronunciamento do presidente e afirmou que Temer é um homem equilibrado, que agiu corretamente e que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.

No começo da noite desta terça-feira (17), a divulgação de mais uma delação premiada balançou as estruturas da política brasileira e caiu como uma bomba atômica sobre Brasília.

Em uma ação como jamais foi feita na Lava-Jato, os irmãos Joesley Batista e seu irmão Wesley, donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, entregaram ao ministro Edson Fachin uma gravação feita em março deste ano mostrando o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?". As informações são do jornal O GLOBO.

A entrega das gravações aconteceu na quarta-feira passada no próprio STF. Nela, o presidente Michel Temer foi gravado em um diálogo embaraçoso. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto com a empresa. Depois, o deputado foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. O presidente também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?".

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.