Política

Decisão suspende pagamento de gratificação considerada ilegal a diretor do Zoológico de Goiânia

Segundo o Ministério Público de Goiás (MP-GO), Raphael Cupertino incorporou ao salário de servidor efetivo gratificação de cargos em comissão que exerceu antes de ser aprovado no concurso público municipal

A Justiça determinou novamente a suspensão do pagamento da gratificação por estabilidade econômica incorporada ao salário do diretor do Zoológico de Goiânia, Raphael Cupertino. A decisão da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás, de sexta-feira (14), acata ação civil pública de autoria da promotora de Justiça Fabiana Zamalloa, de julho de 2016. Segundo o Ministério...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.